O Governo de Mato Grosso do Sul contratou a Fapems (Fundação de Apoio à Pesquisa, ao Ensino e à Cultura de Mato Grosso do Sul) para organizar e executar o concurso público para delegado, escrivão e investigador, cujos salários vão de R$ 3,6 mil a R$ 14,2 mil. A dispensa e licitação para contratação da Fundação foi publicada no Diário Oficial do Estado desta segunda-feira (15).

Confira a dispensa de licitação:

18485841_1533443043353280_529658897407285992_n

Das Vagas

O concurso foi anunciado em abril. Entre as 210 vagas, 100 são para investigador de Polícia Judiciária, 80 para escrivão e 30 vagas para delegado.

 

pc-ms, polícia civil mato grosso do sul, pc-ms 2017 (2)

Da Remuneração

Para as vagas de Escrivão é exigido que os profissionais possuam certificado de conclusão ou diploma escolar de Nível Superior em qualquer área de formação, registrado no Ministério da Educação; e além disso, para a função de Investigador, também é necessário Carteira Nacional de Habilitação – CNH, na categoria “B”, “C” ou “D”. Ambas correspondem ao salário mensal de R$ 3.668,17.

Já para o cargo de Delegado, na 3ª classe de carreira, podem se inscrever profissionais que tenham bacharelado em Direito, para receber a remuneração inicial no valor de R$ 14.229,49.

As etapas de avaliação serão descritas no edital, porém, já se sabe que o Curso de Formação terá caráter eliminatório e classificatório, com duração mínima de 600h. 

Último concurso 

último concurso foi realizado em 2013 e todos os candidatos aprovados foram nomeados. Na ocasião, foram oferecidas 30 vagas para delegado, exigindo graduação em Direito, 23 vagas para agente de polícia judiciária – escrivão, e 26 para agente de polícia judiciária – investigador, ambos exigindo qualquer graduação de nível superior. As remunerações variavam entre R$ 3.031,80 e R$ 9.035,55, com carga horária de 40 horas semanais.

A seleção foi composta por Prova Objetiva, de caráter classificatório e eliminatório; Prova de Digitação, somente para o cargo de Escrivão de Polícia, de caráter eliminatório; Prova de Títulos, de caráter unicamente classificatório;  Exame de Saúde, de caráter eliminatório;  Teste de Aptidão Física, de caráter eliminatório; Avaliação Psicológica, de caráter eliminatório;  Investigação Social, de caráter eliminatório;  Curso de Formação Inicial Técnico-Profissional, ministrado pela Academia de Polícia Judiciária Civil, de caráter classificatório e eliminatório.   

Por: Suzana Oliveira

                 Por: Suzana Oliveira