Saiu o edital – Vagas para Delegado de Polícia 

Para você que almeja uma vaga no concurso público, na área policial, temos uma excelente noticia, desta vez no Estado de Goiás e destinado à Polícia Civil. Prova disso é que,  foi publicado nesta terça-feira, 15/05, o aguardado edital de abertura do concurso público para  o cargo de Delegado de Polícia.

As coisas boas da vida não são mais sinônimo de preços altos 😆

 Nosso objetivo é fornecer cursos que caibam nos bolsos de nossos clientes, facilidade de pagamento e muito conteúdo gratuito em nossos diversos canais. Veja aqui!

Banca Organizadora

Será organizado pela Universidade Estadual de Goiás – UEG. 

Das Vagas e Requisitos

O cargo de delegado é aberto aos bacharéis em direito, não sendo exigida prática profissional. A oferta será de 100 vagas para delegados. “Tínhamos um concurso, porém foi fraudado e, posteriormente, anulado, sendo os aprovados nomeados para o interior do estado”, disse Perillo. Segundo ele, depois de assumidos os cargos, a intenção é que os aprovados ocupem as delegacias do interior.

O que estudar?

Clique aqui e tenha o curso completo para os concursos de Delegado de Polícia.  Nessa metodologia, as aulas são gravadas em sala de aula, propiciando uma maior imersão em seu estudo. Aulas transmitidas em alta qualidade, para você assistir onde preferir e quantas vezes forem necessários.  

2201---Anúncio-genérico-para-o-Blog

Requisito: diploma ou certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior de bacharelado em Direito, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

Descrição das atividades: instaurar e presidir, com exclusividade, inquéritos policiais, termos circunstanciados de ocorrência e outros procedimentos policiais legais para a apuração de infração penal ou ato infracional; exercer atribuições previstas na legislação processual penal de competência da autoridade policial; dirigir, coordenar, supervisionar e fiscalizar as atividades logísticas e finalísticas da unidade sob sua direção; determinar intimações e, em caso de não comparecimento injustificado, condução coercitiva; requisitar a realização de exames periciais e complementares, destinados a colher e resguardar indícios ou provas da ocorrência de infrações penais ou de quaisquer outros exames que julgar imprescindíveis à elucidação do fato investigado; representar à autoridade judiciária competente pela decretação de prisões e medidas cautelares e pela concessão de mandados de busca e apreensão domiciliar; fazer realizar as diligências requisitadas pelo Juízo Penal ou pelo representante do Ministério Público; fazer cumprir mandados de prisão expedidos pela autoridade judiciária; conceder liberdade provisória mediante fiança, arbitrando-a nos termos da lei processual penal; adotar medidas necessárias ao controle da criminalidade; atender o público, encaminhando providências e determinando o registro de ocorrências policiais; orientar equipes subordinadas, visando à coordenação, ao controle e ao desenvolvimento técnico do trabalho policial; dirigir-se, quando possível, aos locais de crime, ou determinar quem o faça, providenciando para que não se alterem, enquanto necessário, o estado e a conservação das coisas, supervisionando todos os atos; cumprir e fazer cumprir as ordens, normas e instruções emanadas de superior hierárquico; fornecer a seus subordinados ordem de serviço, por escrito, das ações que a eles determinar.

  • Regime Jurídico: Estatutário, regido pela Lei Estadual n. 10.460/88 – dispõe sobre o Estatuto dos Servidores Efetivos do Estado de Goiás, Lei Estadual n. 16.901/10 – dispõe sobre a Lei Orgânica da Polícia Civil do Estado de Goiás e pela Lei Estadual n. 14.275/02 – dispõe sobre a investidura nos cargos do Quadro de Pessoal da Polícia Civil e dá outras providências.

Jornada de trabalho: 40 (quarenta) horas semanais. O exercício do cargo exige a realização de viagens e a prestação de serviços fora do expediente e do local de trabalho.

Lotação: Após a posse, o ocupante do cargo inicial de carreira será lotado em delegacia de polícia do interior do estado, onde servirá pelo tempo de conclusão do estágio probatório, conforme designação da Superintendência de Polícia Judiciária.

Quer receber Aulas e  Materiais Gratuitos? Então não perca tempo! Basta clicar aqui agora! Agradecemos o seu feedback nos comentários deste post🙂

Da Remuneração 

A remuneração para o cargo de Delegado de Polícia Substituto é de R$ 19.242,52, 

Das Etapas do certame

O concurso para delegados da Polícia Civil de Goiás foi dividido em nove etapas:

  • 1ª etapa – avaliação feita por equipe multiprofissional, de caráter eliminatório (exclusivo aos candidatos com deficiência); 
  • 2ª etapa – prova objetiva, de caráter eliminatório;
  • 3ª etapa – provas discursivas, de caráter eliminatório e classificatório;
  • 4ª etapa – avaliação de aptidão física, de caráter eliminatório;
  • 5ª etapa – avaliação médica, de caráter eliminatório;
  • 6ª etapa – exame psicotécnico, de caráter eliminatório;
  • 7ª etapa – avaliação da vida pregressa e investigação social, de caráter eliminatório;
  • 8ª etapa – curso de formação profissional, de caráter eliminatório e classificatório;
  • 9ª etapa – avaliação de títulos, de caráter classificatório.

Segundo o edital, a avaliação multiprofissional, a prova objetiva, as provas discursivas, a avaliação médica, a avaliação de aptidão física, o exame psicotécnico e a avaliação de títulos serão realizados pela Universidade Estadual de Goiás, por meio do Núcleo de Seleção.

A avaliação da vida pregressa e investigação social será de responsabilidade do Conselho Superior da Polícia Civil. O curso de formação profissional será realizado pela Gerência de Ensino Policial Civil da Superintendência da Academia Estadual da Segurança Pública da Polícia Civil e supervisionado pelo Núcleo de Seleção – UEG.

Todas as etapas serão realizadas em Goiânia – GO e/ou Aparecida de Goiânia – GO.

Das Inscrições e Taxas

As inscrições deverão ser feitas exclusivamente pela internet, no site www.nucleodeselecao.ueg.br, no período previsto no cronograma. As inscrições poderão ser feitas entre os dias 12 de junho e 11 de julho.

 O valor da taxa é de R$ 200,00 (duzentos reais).

Das Provas

As provas e avaliações serão realizadas na cidade de Goiânia-GO e/ou Aparecida de Goiânia- GO. 113. Os endereços dos locais e horários de realização das provas e avaliações serão divulgados no sítio www.nucleodeselecao.ueg.br. A prova objetiva deve ser realizada no dia 12 de agosto.

A avaliação objetiva, de caráter eliminatório, e a prova discursiva, de caráter eliminatório e classificatório, serão aplicadas conforme o quadro demonstrativo de provas (Anexo VIII) e objetos de avaliação (Anexo X).

 

O candidato deverá comparecer aos locais de provas com antecedência mínima de 1 (uma) hora do horário estabelecido para o fechamento dos portões, portando somente:  documento oficial, original de identidade que contenha foto e, preferencialmente, impressão digital; caneta esferográfica de corpo transparente e de tinta preta; comprovante de inscrição.

Para a realização das provas, bem como para o preenchimento do cartão de respostas e do caderno de resposta, o candidato deverá usar caneta esferográfica de corpo transparente e de tinta preta.

 

FOCUS DETALHA ➡ 

  • Concurso: Polícia Civil de Goiás (PC-GO)
  • Banca organizadora: Universidade Estadual de Goiás (UEG)
  • Escolaridade: Nível superior em Direito
  • Número de vagas: 100
  • Inscrições: 12 de junho e 11 de julho
  • Taxa de Inscrição:  R$ 200,00 
  • Provas: 12 de Agosto
  • Situação: Publicado!

 

                                                                                                                                       Jornalista: Suzana de Oliveira

 

Estude já para Concursos Públicos, com cursos excelentes e que cabem no seu bolso. O Focus Concursos disponibiliza cursos Online completos com preços a partir de R$ 49,90 . Gostou? Então, tenha seu curso agora. Veja aqui!

 

FOCUS CONCURSOS APROVOU MAIS DE 30.000 ALUNOS EM DIVERSAS CARREIRAS!