Tribunais 2018 : Confira a Lista dos Concursos Abertos e Previstos

Para quem sonha com uma carreira em órgão judiciário, as chances estão multiplicadas com pelo menos seis tribunais com editais já abertos e outros 24 em status de autorizados, previstos ou confirmados com comissão definida. Além da promessa de estabilidade financeira com as boas ofertas de salários e benefícios, o grande número de vagas aumenta a probabilidade de aprovação.

A remuneração é atrativa?

Em geral, o maior número de oportunidades é para técnicos e analistas. Os profissionais da área federal costumam ganhar mais, algo em torno de R$7 mil no caso dos técnicos e R$12 mil para analistas. Já no setor estadual a remuneração é um pouco mais abaixo, ficando em torno de R$3,5 mil para técnicos e R$ 6 mil para analistas.

Quer receber Aulas e  Materiais Gratuitos? Então não perca tempo! Basta clicar aqui agora! Agradecemos o seu feedback nos comentários deste post🙂

Benefícios

Entre os benefícios de se trabalhar nos tribunais está, em alguns deles, a possibilidade de adesão a um plano de saúde, que vale não só para o servidor, mas também para seus dependentes e é reconhecido como um dos melhores em todo o serviço público. Outra vantagem é o recesso do judiciário, que vai de 20 de dezembro a 6 de janeiro, período no qual os servidores deste poder não trabalham. Portanto, se somados os períodos do recesso e das férias, o servidor conta com nada menos do que cinquenta dias livres por ano.

Editais já abertos

Até o momento, estão abertos o do Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo (TRT-SP 2ª Região), do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJ-SC), do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR), Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ-RS), Tribunal Regional do Trabalho de Campinas (TRT-15), Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região (TRT-RJ).

2201---Anúncio-genérico-para-o-Blog (2)

Tipos de tribunais

No Brasil, além dos tribunais da justiça comum, existem os que julgam casos trabalhistas, eleitorais e militares. A existência de vários tipos de tribunais é explicada pela necessidade de especialização do trabalho, que faz com que a justiça tenha maior qualidade e agilidade em atender o cidadão.

  • Justiça do Trabalho

É aquela competente para julgar todos os casos que envolvam uma relação trabalhista. Assim, se um trabalhador está fazendo horas extras sem receber por isso ou é demitido sem receber as verbas a que tinha direito, deverá acionar a Justiça do Trabalho.

  • Justiça Eleitoral

Esta existe para julgar casos relacionados ao processo eleitoral e disputas político-partidárias. É o caso, por exemplo, dos candidatos a cargos eletivos impedidos pela Justiça de tomar posse no cargo em razão da chamada lei da ficha limpa. A Justiça Eleitoral tem também muitas outras funções de caráter administrativo relacionadas ao alistamento eleitoral, à realização das eleições, apuração dos votos, diplomação dos eleitos, etc.

  • Justiça Militar

De todos os órgãos da Justiça Especializada, talvez o que tenha um quadro menor de servidores concursados seja mesmo a Justiça Militar. Isso acontece em razão da competência restrita que ela recebeu da Constituição: é responsável por julgar a prática de crimes militares.

Os crimes militares têm uma natureza tão singular que a Constituição entendeu que devem ser julgados por um órgão especializado, com uma composição especial. Podemos citar como exemplo o crime de deserção ou de abandono de posto. Se uma pessoa comum abandona seu posto de trabalho, isso não é sequer considerado um crime, mas a mesma conduta praticada por um militar pode ter consequências graves para a segurança nacional.

  • Justiça Comum

Se a Justiça do Trabalho julga disputas envolvendo os trabalhadores, a Justiça eleitoral tem funções que envolvem o processo eleitoral e a Justiça Militar julga crimes militares, qual é a competência da Justiça Comum?
A Justiça Comum tem uma competência que chamamos de residual. Em outras palavras, tudo o que não for de competência da Justiça Especializada, é da competência da Justiça Comum. É um verdadeiro conceito por exclusão.
Podemos perceber, portanto, que a competência da justiça comum é bastante ampla: vai das causas criminais até disputas contratuais, passando por ações de cobrança, execuções fiscais, processos de adoção, ações de divórcio, etc.

Confira a lista dos editais abertos e previstos para este ano 😆 

 

Concursos de Tribunais – Abertos

  • Concurso:  Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais ( TJ-MG)

    • Vagas: Magistratura
    • Data prova: 02 de setembro (1ª etapa)
    • Vagas: 120 vagas
    • Lotações: Minas Gerais
    • Banca: Consulplan
    • Escolaridade: Nível Superior
    • Inscrições:  das 14h do dia 28 de maio às 16h do dia 26 de junho
    • Taxa de Inscrição: R$260,00
  • Concurso:  Juiz Federal TRF 3

    • Data prova: 10/06/2018
    • Vagas: 107 vagas
    • Cargo: Juiz Federal Substituto
    • Lotações: São Paulo e Mato Grosso do Sul
    • Escolaridade: Nível Superior

    ConcursoTribunal Regional do Trabalho de São Paulo ( TRT-SP)

    • Banca organizadora: FCC
    • Cargo: Técnico; Analista
    • Escolaridade: Nível médio e superior
    • Vagas: 320 vagas  
    • Remuneração: Até R$ 14 mil
    • Inscrições: até  27 de abril a 27 de maio de 2018
    • Taxa de InscriçãoR$ 80 ou R$ 90
    • Data das provas: 22 de julho de 2018
  • ConcursoTribunal de Justiça de Santa Catarina (Concurso TJSC)

    • Banca organizadora: FGV
    • Cargo: Analista; Técnico e outros
    • Escolaridade: Nível médio e superior
    • Vagas: 26 + CR  
    • Remuneração: Até R$ 6,1 mil + benefícios
    • Inscrições:  até 05 de junho de 2018
    • Valor da taxa: R$ 85, R$ 68 
    • Data da prova: 22 de julho de 2018
  • ConcursoTribunal de Justiça do Estado do Paraná (Concurso TJ PR)

    • Banca organizadora: A definir
    • Cargos: Técnico Judiciário
    • Escolaridade: Nível médio
    • Vagas: 114  
    • Remuneração: R$ 5.516,51 + benefícios
    • Inscriçõesaté 11 de maio de 2018
    • Taxa de inscrição: R$ 100 
    • Data da prova objetiva: a definir
  • Concurso: Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região (Concurso TRT RJ)

    • Banca organizadora: Instituto AOCP
    • Cargos: Analista; Técnico
    • Escolaridade: Níveis médio e superior
    • Vagas: 16 + CR
    • Remuneração: Até R$ 15 mil  (Oficial de Justiça); R$ 7 ou R$ 8 mil Técnico e R$ 12 mil analista demais áreas
    • Inscrições: até 19 de abril de 2018
    • Taxa: R$ 60 e R$ 80
    • Prova: 10 de junho de 2018

AULAS E MATERIAIS GRÁTIS – VEJA AQUI!

São revisões, intensivos, eventos, simulados e muito mais, totalmente gratuito para você acessar e utilizar como achar melhor

Carreiras Policiais, Carreiras Tribunais

Concursos de Tribunais –Autorizados e previstos 

Jornalista: Hilza Cordeiro

 

 

  • As coisas boas da vida não são mais sinônimo de preços altos 😆

     Nosso objetivo é fornecer cursos que caibam nos bolsos de nossos clientes, facilidade de pagamento e muito conteúdo gratuito em nossos diversos canais. Veja aqui!