No decorrer da preparação para o concurso público, o concurseiro pode ter algum tipo de desmotivação nos estudos. Sendo assim, é importante ficar atento para que sentimentos negativos não façam você desanimar e parar com seu objetivo maior, que é ser um servidor público.

Não basta simplesmente montar boas técnicas de aprendizagem. Também é preciso saber que com a motivação adequada, confiança, planejamento e disciplina é possível ultrapassar as barreiras da desistência.

Para ajudar você, preparamos um post com 7 dicas imperdíveis para lidar e vencer o desânimo em seus estudos. Confira!

1. Lembre-se do motivo de estar estudando

Pense sempre nos motivos que o impulsionou a iniciar sua preparação para o concurso. Escreva em um pedaço de papel e coloque-os em um local de destaque, para que veja sempre durante seus estudos. Veja alguns exemplos que você pode escrever:

  • vontade de conseguir uma estabilidade no emprego;
  • melhoria de vida;
  • desejo em ser um servidor público;
  • remuneração certa em todos os meses;
  • certeza de aposentadoria;
  • estabilidade financeira;
  • ter mais tempo disponível para ficar com os amigos;
  • entre outros.

Além dessas sugestões, você pode criar ou adaptar outras que estejam de acordo com sua realidade. O mais importante é voltar seus pensamentos a esses motivos, todas as vezes que surgirem momentos de fadiga e desânimo.

Outra coisa importante a se pensar é que o tempo que tiver usando em prol dos estudos será passageiro se comparado ao benefício de estar empregado.  

Por isso, se for necessário renunciar momentos de diversão ou descanso lembre-se que outras oportunidades com os amigos acontecerão após o dia da realização da prova do concurso.

2. Seja otimista em seus estudos

Seja em tudo que formos fazer, é unânime a importância de sermos otimistas. Da mesma maneira, não é diferente em relação a sua aprendizagem. Pensar positivamente é uma característica de pessoas que alcançaram seus sonhos e objetivos na vida. Acredite que você também é capaz de ser aprovado como muitas outras pessoas foram.

Por outro lado, não dê importância para os indivíduos que menosprezarem sua atitude em manter-se determinado aos estudos. Muitos ainda desvalorizam o serviço público, dizendo não existir mais estabilidade nesse tipo de serviço. No entanto, vale destacar que o concurso público é uma garantia prevista na Constituição brasileira.

3. Estabeleça metas de curto prazo

Outra dica muito importante é não estabelecer metas de aprendizagem difíceis para serem alcançadas. Caso contrário, causará frustração e abatimento por acreditar que o problema de não assimilar os conteúdos está em você.

Dessa forma, elabore metas de curto prazo e que sejam possíveis de serem cumpridas, como estabelecer metas graduais de assimilação dos conteúdos. Se for estudar para ser Analista Judiciário, por exemplo, a cada simulado realizado você estabelece uma meta de acertos, e assim, aumente a exigência até chegar a uma boa quantidade de questões respondidas corretamente.

4. Pratique atividades físicas

Não caia na armadilha em achar que estudar muito, sem dar pausas necessárias para se exercitar, fará com que obtenha sucesso no dia da prova. O momento de repouso e da atividade física são fatores importantes na vida de todo estudante.

O concurseiro, ao praticar alguma atividade física, será beneficiado por eliminar a tensão, aumentar a concentração e ainda ter mais disposição para estudar. Além dos benefícios citados, você pode conciliar a aprendizagem com a atividade física. Um exemplo disso seria caminhar na esteira e assistir videoaulas pelo aplicativo em seu celular!

5. Conheça os que já foram aprovados em concursos

É sempre bom estar perto de pessoas que pensam e tenham os objetivos em comum! Outra estratégia de manter-se motivado é buscar conhecer pessoas que já passaram pela experiência de “lutar” por uma vaga no serviço público, assim como você. A história de aprovados em concursos tem muito a ensinar aos que ainda buscam essa conquista.

Caso não conheça alguém muito próximo, procure informações em grupos sociais ou pesquise na internet sobre depoimentos de pessoas que conseguiram ser aprovados no concurso público. Outra orientação é conversar com professores que atuam em cursos preparatórios, pois certamente irão te dar a maior força na trajetória da sua aprendizagem.

6. Crie uma rotina de estudos

Imagine que você é como um atleta que precisa manter uma regularidade em seus treinos para que alcance o importante prêmio. Para o concurseiro também é assim: é de suma importância que você crie o hábito de estudar; treinar sua mente para o grande dia da prova.

No início pode ser mais difícil, mas com o passar dos dias a rotina torna-se o hábito e os resultados da aprendizagem começam a surgir. Para que a prática seja criada, é importante atentar a alguns detalhes:

  • tenha um espaço reservado e organizado para estudar;
  • procure estudar sempre no mesmo horário;
  • monte uma planilha, especificando o conteúdo que consta no edital;
  • elimine toda e qualquer distração, como o uso de celular, por exemplo;
  • faça revisões e teste o que você já conseguiu assimilar por meio de atividades de fixação.

A partir das sugestões acima, você verá que seus estudos ficarão mais produtivos, evitando assim, a desmotivação.

7. Valorize seu método de estudo

Conhecer a maneira como outros concorrentes estudam e até mesmo incorporar algumas sugestões ao seu método de aprendizagem pode ser até válido. No entanto, não menospreze a maneira como você estuda.

Não gaste tempo se preocupando com outros candidatos que disputam a mesma vaga que você: se estão mais preparados, quais metodologias que usam e qual a formação acadêmica dos seus concorrentes.

Para controlar a ansiedade, evitar a frustração e o desânimo, é importante não se comparar aos outros. Todos os que se inscrevem para concorrer a um cargo público, estão teoricamente no mesmo patamar de disputa, diferenciando apenas na decisão em manter-se firme para estudar.

Por fim, lembre-se que as dicas que foram descritas nesse post, sobre como vencer a desmotivação nos estudos, certamente fará a diferença quando porventura surgirem sentimentos de esgotamento. Tais sensações podem ocorrer com qualquer pessoa. A diferença é saber lidar elas.

Agora que você já sabe o que fazer para manter-se firme no propósito de preparar-se para os concursos que estão por vir, assine nossa newsletter e fique por dentro de outros assuntos relacionados ao mundo dos concurseiros. Até a próxima!