TJ-PR contrata Cebraspe como organizadora do concurso para Técnico

O mundo dos concursos para carreiras tribunais, especialmente no sul do Brasil, teve uma reviravolta nesta quinta-feira, dia 4, quando começou a circular nas redes sociais a notícia de que o Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR) escolheu como banca organizadora do seu concurso para Técnico Judiciário o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), por meio de uma dispensa de licitação.

A surpresa foi grande por dois motivos: o primeiro seria o fato de uma movimentação deste nível se dar mesmo com o certame estando temporariamente suspenso. O segundo consiste no fato de que a grande maioria esperava que a banca que organizaria as provas seria ou o próprio TJ-PR ou a Universidade Federal do Paraná (UF-PR).

O edital para este concurso está publicado desde janeiro de 2017 e entre idas e vindas já adiou a data da prova, precisou adequar o número de vagas, reabriu as inscrições e agora encontra-se, como citado, temporariamente suspenso. Atualmente estão previstas 114 vagas para o cargo de Técnico Judiciário com início imediato, mais cadastro de reserva.

São mais de 140 mil inscritos envolvidos na expectativa de que o certame tome uma posição definitiva. O motivo alegado para a suspensão temporária seria orçamentário, contudo a troca de gestão também pode ter influenciado a decisão para que o processe fosse revisto antes de prosseguir. Prova disso é que mesmo suspenso a nova comissão formada esteve trabalhando no certame, o que culminou no primeiro passo importante com a escolha da banca.

 

Quais são os próximos passos?

Se você está inscrito neste concurso, mesmo que ainda não tenha sido definida a data da prova, o primeiro passo necessário é retomar ou reforçar os estudos, pois com todo este tempo a tendência é que os concurseiros, por um motivo ou outro, acabem se desmotivando.

Dentre outros avanços necessário do edital, antes que a prova aconteça, está a publicação da lista de isenções indeferidas, a definição dos inscritos, publicação das cidades onde ocorrerão as provas e, finalmente, a data da prova.

 

Resumo do concurso

  • Edital publicado em 18 de janeiro de 2017;
  • Previsão de prova no terceiro trimestre de 2017;
  • Adiamento da prova para 2018 em 5 de setembro de 2017;
  • Número parcial de inscritos publicado em 21 de agosto de 2017;
  • Modificação do programa da matéria de Noções de Direito e Legislação, aumento do número total de vagas (de 100 para 114), reabertura do prazo para inscrições e possibilidade de cancelamento aos candidatos já inscritos em 27 de abril de 2018;
  • Alterações na reserva de vagas para negros e deficientes e relação dos candidatos solicitaram desistência do concurso em 1º de agosto de 2018;
  • Aberto processo para escolha de uma banca organizadora em 10 de setembro de 2018;
  • O ano de 2018 termina sem aplicação da prova;
  • Mudança da cúpula diretiva do tribunal e suspensão temporária do edital em fevereiro de 2019;
  • Escolha da banca Cebraspe como organizadora em 4 de abril de 2019.

 

Carregando...