Como estudar para o concurso da PC-DF? 

O concurso PC-DF está cada vez mais próximo e os concurseiros cada vez mais aflitos, especialmente aqueles que começaram a estudar por agora. A banca Cespe foi definida como organizadora do certame e isso ajuda e muito a direcionar os estudos. Saber como a banca costuma cobrar as disciplinas melhora o direcionamento nos estudos e, consequentemente, os resultados.

Lembrando que a banca foi contratada para realizar o concurso de Escrivão, com 300 vagas previstas - ainda não se sabe sobre os outros cargos. O mais provável é que o edital saia na primeira semana de novembro e que a prova seja realizada em 16 de fevereiro. Porém, não há informações concretas sobre o assunto.

O que você precisa saber agora é como se preparar para esse desafio. Por isso, confira algumas dicas dos professores Júlio Raizer e Marcelo Adriano! 
 



Para que você tenha o melhor aproveitamento dos seus estudos, há algumas dicas. Para isso, listamos abaixo algumas que vão ajudá-lo. Confira!
 

1. Tome o último edital como base

Já que o novo edital ainda não saiu, o melhor a ser feito é tomar o último edital do concurso da PC DF como base. 

Das disciplinas de conhecimento básico, as matérias de Língua Portuguesa (17 questões) e Administração (16 questões) foram as que apresentaram maior número de questões. Já de conhecimentos específicos, Direito Constitucional e Administrativo (15 questões cada) tiveram maior foco, porém, Direito Penal e Legislação Extravagante (12 questões cada) também se destacaram. 

2. Garanta a matéria que tem mais conhecimento

Uma das coisas boas dos concurso do Cespe é que você pode focar em matérias que têm maior conhecimento e assim, garantir um maior número de questões. Por exemplo, se você costuma se dar bem nas provas de português do Cespe, estudar essa matéria por mais tempo e fazer muitas questões pode ser exatamente a estratégia que precisa utilizar.

Porém, deixar alguma disciplina de lado e não estudá-la pode ser um pouco arriscado. No concurso anterior, era necessário fazer uma pontuação mínima nas provas de conhecimentos básicos (10 pontos) e nas de conhecimentos específicos (21 pontos). Na soma de todas as questões, era necessário fazer uma pontuação mínima de 36 pontos.

Não é uma pontuação difícil de conseguir, mas se tratando do Cespe, numa prova onde 1 errada anula uma certa, é melhor não arriscar. Se você está começando a estudar agora, cumpra todo o edital.

3. Faça muitas questões da banca

Fazer questões da banca é imprescindível para ter um bom resultado no concurso PC DF para o cargo de escrivão. Aliás, antes de começar a estudar, faça algumas questões do Cespe (10 de cada, por exemplo) de cada disciplina que será cobrada na prova. Dessa maneira, antes de começar os estudos, você já vai saber como direcioná-lo.

Outro bom motivo para fazer muitas questões da banca é entender como o Cespe pensa. Para isso, a repetição é necessária, ou seja, fazer várias e várias questões, depois de um determinado tempo você passará a compreender melhor o que a banca quer do candidato, qual tipo de raciocínio ela deseja.

Quer passar no concurso PC-DF? Então, além de seguir essas dicas, você precisa encontrar um curso com total direcionamento para sua prova.

Confira o nosso curso para o concurso de escrivão da PC-DF que será atualizado conforme o novo edital assim que ele sair!

SEJA UM ASSINANTE E ESTUDE PARA ESSE E OUTROS CONCURSOS!

ASSINATURA FOCUS


Faça parte do nosso canal VIP no Telegram: https://t.me/grupovipconcursos
Inscreva-se no nosso canal no Youtube: http://bit.ly/Youtube-Focus
Ouça nossos Podcasts no Spotify: http://bit.ly/Podcast-Focus

Calila Galvão

Calila Galvão, redatora freelancer e graduada em fisioterapia. Concurseira desde 2013 e aprovada no concurso de Bombeiro Militar da Bahia.

Carregando...