João Dória publica autorização de 5.400 vagas para Soldado da PM-SP

A autorização, do governador João Dória, para contratação de 5.400 novos Soldados da Polícia Militar do Estado de São Paulo, por meio de concursos públicos, foi publicada no Diário Oficial do estado neste sábado, dia 30.

O texto traz ainda a informação de que a seleção ocorrerá em duas etapas, sendo a primeira no mês de maio de 2020, para metade do total anunciado, e a segunda em novembro do mesmo ano, para o restante.

O concurso já era esperado, tendo em vista a necessidade de efetivo e a tradição do estado paulista em promover certames anualmente.

O próprio governador já vinha falando sobre a intenção de contratar novos soldados em entrevistas e encontros desde o início do ano, tendo inclusive informado, durante entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes na noite de sexta-feira, 29, que a referida autorização seria publicada no dia seguinte.

“E também, apenas para confirmar mais uma vez, estamos dando continuidade aquilo que já foi dito que é a nomeação de 1.039 policiais militares, também da Polícia Científica e da Polícia Civil, remanescentes de concursos públicos anteriores, e a aquisição, já anunciada também, de 1.736 viaturas, para a Polícia Militar, que serão entregues até final do mês de julho e estarão nas ruas em todo o Estado de São Paulo”, destacou Dória.

 

Ingresso na carreira de Soldado PM de 2ª Classe

Com base no último concurso, os pré-requisitos para iniciar na carreira na PM-SP são idade mínima de 17 anos e máxima de 30 anos, altura mínima de 1,60 metros para homens e 1,55 para mulheres e Carteira Nacional de Habilitação entre as categorias “B” e “E”. Quanto à remuneração, o valor inicial para soldado de 2ª Classe é de R$ 3.143,70. Os candidatos precisam ter o ensino médio.

 

Último concurso

A PM-SP é uma instituição que sempre tem oferta de concursos. No ano passado, por exemplo, foram dois: um em março e outro em julho. Na época, foram abertas 2.700 vagas em cada certame. A banca responsável foi a Fundação Vunesp. Tradicionalmente, os processos seletivos da PM-SP têm várias etapas: 

  • Prova objetiva;
  • Prova dissertativa;
  • Exame de aptidão física;
  • Exame de saúde;
  • Exame psicológico;
  • Avaliação de conduta social;
  • Análise de documentos.

O último exame objetivo contou com 60 exercícios de múltipla escolha, com 18 questões de Língua Portuguesa, 12 de Matemática, 14 de Conhecimentos Gerais, 8 de Informática e 8 de Noções de Administração Pública.

Entre as atribuições do cargo de soldado estão o policiamento ostensivo e a preservação da ordem pública, envolvendo a repressão imediata às infrações penais e administrativas e a aplicação da lei, nas diversas modalidades de policiamento, sempre primando pela defesa da vida, da integridade física e da dignidade da pessoa humana, em conformidade com os princípios doutrinários de polícia comunitária, de direitos humanos e de gestão pela qualidade.

Carregando...