Ótima notícia para quem deseja ingressar na Polícia Civil do Distrito Federal – PCDF , o processo teve mais avanços, nesta quinta-feira (12/04), e encontra-se na Casa Civil do Distrito Federal, conforme consta no Processo (veja imagem abaixo). 

pc df avanço focus concursos

Dos Cargos e Vagas

O certame que será divulgado, provavelmente, até o primeiro semestre de 2018, terá como objetivo preencher vagas para, Agente de Polícia e Escrivão. Ao todo, são esperadas 2.100 vagas, distribuídas entre os cargos de Agente e Escrivão da Polícia Civil do Distrito Federal, sendo, 1.750 e 350, respectivamente. A remuneração inicial é de R$ 8.284,55, compostos por vencimento base e outros adicionais como periculosidade, onde os profissionais atuarão em jornadas de 40 horas semanais.

PC-DF polícia civil distrito federal curso preparatório

Atribuições dos cargos

Agente da Polícia Civil

realizar atividade de nível superior, envolvendo investigar atos ou fatos que caracterizem ou possam caracterizar infrações penais; assistir a autoridade policial no cumprimento das atividade de polícia judiciária; coordenar ou executar operações de natureza policial ou de interesse de segurança pública; executar intimações, notificações ou quaisquer outras atividades julgadas necessárias ao esclarecimento de atos ou fatos sob investigações; dirigir veículos automotores em serviços, ações e operações policiais; executar demais serviços de apoio à autoridade policial, além de outras atribuições inerentes ao cargo, previstas em legislação específica, notadamente no art. 99 do Regimento Interno da PCDF, aprovado pelo Decreto Distrital nº 30.490, de 22 de junho de 2009.

Escrivão

atividade de nível superior, com atribuições relativas ao cumprimento das formalidades legais de polícia judiciária necessárias aos inquéritos, processos administrativos e demais serviços cartorários de apoio a autoridade policial, além de outras atribuições inerentes ao cargo, previstas em legislação específica, notadamente no art. 100 do Regimento Interno da PCDF, aprovado pelo Decreto Distrital nº 30.490, de 22 de junho de 2009.

Déficit na corporação

Para Rodrigo Franco, que preside o Sindicato dos Policiais Civis do DF (Sinpol-DF), existe a necessidade de se abrir o concurso, mas o número de cargos ainda é insuficiente. “São quatro mil vagas hoje. Essas contratações devem ser concluídas somente em dois anos, quando o déficit será ainda maior”, explica.

A área meio da corporação também está carente, de acordo com Franco. “Precisamos de um concurso para a área de apoio, do administrativo. Só assim, ser possível concentrar mais policiais na atividade-fim”, destaca. A falta de efetivo, ele diz, tem sido pauta constante do sindicato, “porque quem sai perdendo mesmo é a sociedade”.

Fique de olho em nosso blog, em breve, mais informações sobre este certame! 

Por: Suzana Oliveira

            Por: Suzana Oliveira