Concursos Amazonas: mais de 2,5 mil vagas em órgãos de segurança; comissão formada

O governador do Amazonas, Wilson Lima, assinou, nesta segunda-feira, 19 de julho, a portaria que instituiu a criação das comissões de concurso público para 2.525 vagas nos cinco órgãos que compõem o sistema de segurança do estado. O concurso vai reparar a defasagem de efetivo nas forças de segurança do estado, gerando empregos diretos nas polícias Militar e Civil, Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), Corpo de Bombeiros e Departamento Estadual de Trânsito (Detran-AM).

Com as comissões formadas, a previsão é de que os concursos sejam realizados ainda este ano. As oportunidades são para nível médio e superior e os salários variam de R$ 2,3 mil a R$ 20,4 mil.

Grupo de estudos e materiais

– Grupo Telegram (Concurso Polícia Civil Amazonas ). Entre aqui

Grupo Telegram (Concurso Polícia Militar AM) Clique aqui

 
“Hoje nós estamos assinando a criação dessas comissões para tratar do concurso público que vai gerar 2.500 empregos diretos. É um resgate histórico que nós estamos fazendo, que há muito que as nossas forças de segurança, tanto Polícia Militar, quanto Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e Detran, estão com o seu quadro defasado. Isso acaba provocando uma sobrecarga para as nossas forças de segurança”, ressaltou Wilson Lima.
 
A maioria dos órgãos da segurança não tinha certames para contratação de novos servidores há mais de uma década. É o caso da Polícia Militar, que teve o último concurso em 2011; da Polícia Civil, com o último certame realizado em 2009. O Departamento Estadual de Trânsito (Detran-AM) terá o segundo concurso público da história do órgão. No primeiro, realizado em 1995, os aprovados não foram convocados.
 
“Nós queremos realizar esse concurso ainda neste ano. No final do ano a nossa expectativa é que as provas possam ser realizadas, e no ano que vem a gente começa o trabalho de preparação desses policiais”, disse Wilson Lima.

Sobre as vagas

Polícia Militar (PM AM) – 1.350 vagas

Corpo de Bombeiros Militar (CBM-AM) – 453 vagas

Polícia Civil (PC AM) – 362 vagas

Detran-AM – 210 vagas

Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM) – 150 vagas

Detalhamento das vagas e salários

Para a Polícia Militar, são 1.000 vagas para aluno soldado e 350 vagas para aluno oficial, com remuneração que varia de R$ de 2.657,28 a R$ a 7.180,34. Para o Corpo de Bombeiros estão destinadas 400 vagas para aluno soldado e outras 53 para aluno oficial, com pagamentos que vão de R$ de 2.657,28 a R$ 7.180,34.
 
Já para a Polícia Civil serão abertas 62 vagas para delegado, 62 vagas para escrivão, 200 vagas para investigador e 38 vagas para perito. As remunerações variam entre R$ 11.281,26 e R$ 20.449,05. No caso do Detran-AM, são 150 vagas para nível Superior e 60 vagas para nível Médio, com salários de R$ de 2.300 a R$ 5.500.
 
A SSP-AM terá 140 vagas para assistente operacional e outras 10 vagas para técnico de nível Superior. Os pagamentos vão de R$ de 1.350,19 a R$ 2.764,68.

 

 

Faça curso preparatório!

É sempre importante saber como escolher corretamente um curso para concursos. Muitos oferecem materiais desatualizados, que prejudicam seus estudos! Pensando nisso, a equipe especializada do Focus Concursos lançou um preparatório completo e bem atualizado.

Quer testar?

Você tem 7 dias, a partir da aprovação da compra, para assistir às aulas e conhecer nossos professores. Se você não ficar satisfeito com o conteúdo ou com a metodologia de ensino, é só entrar em contato conosco via e-mail e devolveremos o valor integral, sem nenhuma complicação.

✍️  ACESSE O CURSO PREPARATÓRIO

Déficit na segurança publica do amazonas

Recentemente, o deputado Álvaro Campelo apresentou dados que mostram o déficit no contingente da Polícia Militar, Polícia Civil e do Corpo de Bombeiros e defendeu um novo concurso público para preencher o número exigido em cada corporação.

Segundo dados repercutidos pelo parlamentar, em Sessão Plenária da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), o efetivo da Polícia Militar é de 9.031 policiais, enquanto o previsto seria de 15.000. Já a Polícia Civil possui 2.151 membros, quando seriam necessários 3.354. O Corpo de Bombeiros, cujo efetivo é 1.096, necessitaria de 4.483 bombeiros.

“Para se ter uma ideia, grande parte do efetivo do Corpo de Bombeiros está atuando no combate à Covid, na parte administrativa e muitos estão indo para a reserva ou afastados para tratamento de saúde. Portanto, combatentes para debelarem um incêndio, ou atuarem em alguma catástrofe estão em número muito reduzido. Diante disso, na manhã de hoje, apelo para que o Governo do Estado tome as providências, no sentido da realização de um concurso público para corrigir o déficit do efetivo das forças da segurança pública no Amazonas”, concluiu o parlamentar.

Exclusivo para Concurseiro – Grupo Telegram  

O Focus Concursos lançou um grupo de estudos no Telegram exclusivo para o concurso público. Participe! 

  1. Grupo 1: Focado em Questões e Simulados. Participe aqui.  
  1. Grupo 2: Notícias em primeira mão sobre concursos públicos. Clique aqui e participe