Concurso Caixa: deputados discutirão recomposição do quadro de pessoal

A recomposição do quadro de funcionários da Caixa Econômica Federal (CEF) será tema de audiência pública na Câmara de Deputados na próxima sexta-feira, 6 de julho, às 14h30. A comissão também discutirá o fortalecimento da instituição como banco público. De acordo com entidades sindicais, o déficit na Caixa é de 19 mil servidores. 

Há um concurso da Caixa confirmado para 2021, com 1 mil vagas exclusivas para pessoas com deficiência (PCDs), com edital previsto para setembro.

O debate acontecerá no plenário 12 e poderá ser acompanhado de forma virtual e interativa pelo portal e-Democracia. 

Deverão estar presentes na audiência pública a presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf CUT), Juvandia Moreira, o presidente do Sindicato dos Bancários de Brasília, Kleytton Guimarães Moraes, e a representante dos aprovados do último concurso da Caixa, Isabela Freitas Santana.

A deputada Erika Kokay (PT), autora do requerimento para a realização da audiência, lembrou que nos últimos cinco anos a Caixa realizou vários Planos de Demissão Voluntária (PDVs). Segundo a parlamentar, os programas resultaram em uma redução de mais de 20 mil empregados, sem a “devida reposição” durante esse período.

“A Caixa é o agente operador dos programas sociais do Governo Federal. Não se pode olvidar que a Caixa contribuiu e contribui de forma ativa para a erradicação da pobreza e para melhoria da distribuição de renda da população brasileira”, disse a deputada.

A deputada lembrou ainda que, durante a pandemia, mais de 100 milhões de pessoas foram atendidas, mensalmente, em alguma agência da Caixa.

Concurso terá vagas abaixo do necessário, diz Fenae

Ao todo, espera-se a recomposição de 4 mil vagas na Caixa, das quais 3 mil são de aprovados na seleção feita em 2014, que esperam aval para convocação, e outras 1 mil no concurso previsto para este ano. 

No entanto, esse quantitativo está aquém da necessidade do banco, segundo diz a Federação Nacional do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae). O déficit exposto pela entidade é de 19 mil empregados nas agências bancárias.

“Das 4 mil vagas, 3 mil dependem de autorização e as outras mil vão esperar a realização de um concurso. Vamos manter nossa cobrança por mais empregados até que (as contratações) sejam realizadas”, ressaltou Sergio Takemoto, presidente da Fenae. 

A conselheira de Administração da Caixa, Rita Serrano, disse que o banco tem autorização da Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (Sest) para ter, no máximo, 84.544 empregados.

Concurso Caixa: 1 mil vagas para PCDs

O certame já está autorizado e um novo edital com 1 mil vagas exclusivamente para Pessoas com Deficiência (PCDs) será publicado em breve. Provavelmente, as oportunidades serão para pessoas com escolaridade de nível médio.

Quando será o concurso da Caixa 2021?

Este novo edital está previsto para ser publicado em setembro e espera-se que as inscrições sejam abertas no mesmo mês. Se assim ocorrer, as provas devem acontecer entre os meses de novembro e dezembro.

Quanto ganha quem trabalha na Caixa?

Sabe-se que a carreira de técnico bancário costuma ter salário inicial de R$ 3 mil para jornadas de trabalho de 30h semanais. Com os adicionais de benefícios, essa remuneração pode chegar a mais de R$ 4,4 mil, segundo informações do próprio site da Caixa.

Como se inscrever no concurso da Caixa 2021?

As inscrições ainda não estão abertas. Elas só estarão disponíveis alguns dias após a publicação do edital, previsto para setembro. 

Faça curso preparatório!

É sempre importante saber como escolher corretamente um curso para concursos. Muitos oferecem materiais desatualizados, que prejudicam seus estudos! Pensando nisso, a equipe especializada do Focus Concursos lançou um preparatório completo e bem atualizado.

Quer testar?

Você tem 7 dias, a partir da aprovação da compra, para assistir às aulas e conhecer nossos professores. Se você não ficar satisfeito com o conteúdo ou com a metodologia de ensino, é só entrar em contato conosco via e-mail e devolveremos o valor integral, sem nenhuma complicação.

Enviar mensagem
Estamos online!