Concurso Receita Federal: 3.360 vagas solicitadas. Veja o que cai na prova!

.news-box .news-text-box .news-text ol li, .news-box .news-text-box .news-text ul li {
color: black !important;
}

Está em análise no Ministério da Economia o pedido do concurso da Receita Federal que prevê o preenchimento de 3.360 vagas em seu quadro de pessoal para as áreas fiscal e administrativa da Receita Federal. As oportunidades serão destinadas para candidatos que possuem ensino médio e superior. Os salários iniciais podem chegar até R$ 21 mil.

Dos Cargos, vagas e remuneração

Das oportunidades,  1.500 são para analista tributário, 550 vagas para Auditor-Fiscal e as demais para o cargo das carreiras administrativas: 4 vagas para Arquiteto; 16 vagas para Engenheiro; 20 vagas para Contador; 270 vagas para Analista Técnico Administrativo (ATA-NS); e 1.000 vagas para Assistente Técnico Administrativo (ATA-NI).

No caso de analista tributário, para concorrer é necessário possuir formação superior em qualquer área, com inicial de R$ 11.684,39. Para auditor, com a mesma exigência, o inicial é de R$ 21.029,09.

Para assistente técnico administrativo, a exigência é de ensino médio, com remuneração inicial de R$ 4.137,97. No caso de analista técnico administrativo, a exigência é de nível superior, com inicial de R$ 5.490,09. Para arquitetos, engenheiros e contadores, todos com exigência de nível superior, as remunerações ainda serão confirmadas.

O que cai na prova da Receita Federal?

Com base na última prova da Receita Federal, para analista houve 195 questões, sendo 75 de conhecimentos gerais e 120 de conhecimentos específicos. As perguntas eram sobre as seguintes matérias:

  • 20 de língua portuguesa
  • 10 de espanhol ou inglês
  • 10 de raciocínio lógico-quantitativo
  • 25 de direito constitucional e administrativo
  • 10 de administração geral
  • 20 de direito tributário
  • 10 de contabilidade geral
  • 30 de legislação tributária e aduaneira
  • 20 de direito tributário
  • 10 de contabilidade geral
  • 30 de informática

Já para auditor, eram 140 questões, sendo 70 de conhecimentos gerais e 70 de conhecimentos específicos. Os itens cobraram os seguintes temas:

  • 20 de língua portuguesa
  • 10 de espanhol ou inglês
  • 10 de raciocínio lógico quantitativo
  • 10 de administração geral e pública
  • 10 de direito constitucional
  • 10 de direito administrativo
  • 15 de direito tributário
  • 10 de auditoria
  • 20 de contabilidade geral e avançada
  • 10 de legislação tributária
  • 15 de comércio internacional e legislação aduaneira

Mesmo sem ter um mês específica para o lançamento do edital, os interessados podem estudar com base no conteúdo programático anterior. Apesar da Esaf não ser mais a banca organizadora, o programa não deve sofrer muitas alterações. Além disso, o Ministério da Economia teria se comprometido a realizar o certame no segundo semestre desse ano, com nomeações já em 2022.

Logo, quem sonha em trabalhar na área fiscal, já pode se jogar nos estuds com vontade. Dito isso, veja aqui o curso preparatório completo e atualizado

GARANTIMOS - Único curso com ALTA PERFORMANCE para você alcançar resultados extraordinários na prova da Receita Federal.