Concurso TJ SP: faltam 3 meses para a prova. O que estudar na reta final?

Estão abertas de 30 de julho a 2 de setembro as inscrições para o concurso do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ SP). As provas ocorrerão daqui a três meses, no dia 31 de outubro, e ainda sobra aí um bom tempo para estudar e revisar. Nós conversamos com nosso professor Júlio Raizer, do time Focus Concursos, para te indicar no que focar nessa reta final.

O que estudar na reta final?

“Nesses últimos três meses, é importante ter o conhecimento das questões anteriores da banca porque ela costuma reproduzir os estilos das questões. A Vunesp é bem conhecida por isso. 

Língua Portuguesa, por exemplo, tem uma importância grande pelo número de questões previstas no edital. 

Na parte de Direito, vale uma atenção especial para as Normas, porque eles gostam de colocá-las no conjunto das matérias de Direito, prova que tem 40 questões. Normas normalmente têm uma atenção maior da banca organizadora.

Atualidades é uma disciplina onde gostam de cobrar questões bem pontuais, como temas relacionados à realidade de São Paulo. Também não desprezam questões ligadas à parte econômica e ao Oriente Médio. É uma tendência que a banca sempre considera e não é surpresa aparecerem tópicos sobre isso.

O que pode ser mais tranquilo na prova?

Já a divisão entre Raciocínio Lógico e Matemática pode ser encarada de modo mais tranquilo. Estudar com a estrutura apresentada no edital.

O que deve ser mais difícil?

Informática tem se apresentado com um nível de dificuldade elevado por consequência de ser uma característica da banca, que opta por colocar uma disciplina mais difícil e exigente em relação às demais. Ela é a matéria diferencial. Tem uma tendência de ser mais difícil, considerando o histórico da banca em concursos anteriores.

No caso de quem já vinha estudando, o que é melhor fazer?

Quem já tem estudado, o importante é focar nas revisões, em reforço com exercícios, sem preocupação em exatamente em resolvê-los, mas em entender os enunciados e os gabaritos para fixação das respostas. Isso é o que a gente chama de formato de treino aberto.

E quem se inscreveu de última hora?

Para quem não vinha se preparando e se inscreveu de última hora, a questão é estudar com afinco e dar o melhor porque, muitas vezes, na hora da prova, quem não estudou tanto tempo assim acaba levando vantagem pelo fator emocional. Porque não existe uma carga e não está se cobrando tanto. 

Então, dois fatores são importantes e contribuem para a aprovação: o conhecimento e a inteligência emocional. Quando o conhecimento não é tão grande, vamos usar a inteligência emocional para ter o máximo de aproveitamento sobre o que foi estudado.

Faça curso preparatório!

É importante saber escolher bem um curso para concurso. Muitos oferecem materiais desatualizados, que prejudicam seus estudos. A equipe especializada do Focus Concursos lançou um preparatório completo para o cargo de Escrevente Técnico Judiciário. Nós ficamos atentos ao edital todo o tempo e, havendo alterações no documento, atualizamos o conteúdo oferecido, sem qualquer custo adicional.

 

Resumo do concurso TJ SP

  • Concurso: Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (Concurso TJ SP)
  • Banca organizadora: Fundação Vunesp
  • Cargo: Escrevente Técnico Judiciário
  • Vagas: 845
  • Escolaridade: nível médio
  • Remuneração: iniciais de R$ 4.981,71 + benefícios
  • Período de inscrição: 30/7 a 2/9
  • Taxa de inscrição: R$ 79
  • Data de realização das provas: 31/10
  • Curso online:✍️  ACESSE O CURSO PREPARATÓRIO
  • Cupom desconto: EUQUERO
Enviar mensagem
Estamos online!