Concurso ICMBio: saiba o que estudar para o próximo certame

Concurso ICMBio: saiba o que estudar para o próximo edital

O concurso ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade) foi autorizado pelo vice-presidente da república, Hamilton Mourão, durante reunião do Conselho Nacional da Amazônia Legal.

Desculpe interromper a sua leitura. Mas, pare agora mesmo de procurar materiais absurdos, complexos e desatualizados e que não cabem em seu bolso. Dê o primeiro passo para resolver este problema. GARANTIMOS - Veja aqui o ÚNICO curso que irá oferecer todo o material necessário rumo à aprovação. Clique aqui e confira antes que seja tarde demais.

Você pode continuar lendo esta notícia normalmente e ficar bem informado do concurso ICMBio, mas salva este cupom MEUDESC.

Concurso ICMBio: das vagas, cargos e remuneração

O edital tem uma previsão inicial de 171 vagas, para cargos de nível médio e nível superior, das quais: 

  • 110 serão para o cargo de técnico ambiental (nível médio completo) com remuneração inicial de R$4.063,34. 
  • 61 vagas para analista ambiental (nível superior) com remunerações de até R$8.547,64. 

Novo regimento do ICMBio foi publicado em setembro

No dia 21/09 um novo regimento interno do ICMBio foi publicado no Diário Oficial da união e o concurso atualmente está na etapa de escolha da banca organizadora. 

Enquanto o edital não é publicado, apresentamos a seguir o conteúdo cobrado no último certame, realizado em 2013 e que foi gerido pela banca Cespe (atual Cebraspe). O edital ofertou 271 vagas para os cargos de técnico (administrativo e ambiental) e analista (administrativo e ambiental).  

O que estudar no concurso ICMBio?  

Com base no último edital ICMBio, foram cobrados para todos os cargos as seguintes disciplinas: língua portuguesa, noções de informática, atualidades e ética no serviço público. 

Técnico Ambiental

Foram cobradas para o cargo de Técnico Ambiental conhecimentos específicos nas áreas de: 

  • Estratégias para conservação da diversidade biológica: hotspots (áreas de alta biodiversidade) e centros 
    de endemismos. 
  • Estratégias de conservação de hábitats e de espécies. 
  • Estrutura de populações e manejo sustentável de fauna na natureza e em semiliberdade. 
  • Ecologia da paisagem. 
  • Biomas e fitofisionomias brasileiros: características e evolução da fauna e flora.  
  • Desenvolvimento econômico do país e conservação da biodiversidade amazônica.  
  • Política Nacional da Biodiversidade, Decreto nº 4.339/2002.  
  • Decreto nº 2.519/1998.  
  • Acesso ao Patrimônio Genético – Medida Provisória nº 2.186- 16/2001 e Decreto nº 6.159/2007.   
  • Lei nº 5.197/1967. 
  • Lei nº 12.651/2012 e Lei nº 12.727/2012 – Ordenamento dos recursos florestais: Código Florestal Brasileiro e suas alterações.  
  • Lei nº 11.284/2006 (títulos I, II e III e V); Resolução CONAMA nº 378/2006; Resolução CONAMA nº 379/2006. 
  • Manejo florestal sustentável; valoração ambiental e florestal. 
  • Recuperação de áreas degradadas. 
  • Aquecimento global e sequestro de carbono.  
  • Concessão florestal.  
  • Desmatamento, corte seletivo.  
  • Monitoramento ambiental.  
  • Proteção florestal (prevenção e combate a incêndios florestais), legislação aplicada ao uso do fogo.  
  • Conceitos básicos de cartografia. 
  • Lei nº 9.605/1998. 
  • Decreto nº 6.514/2008.  
  • Lei Complementar nº 140/2011. 
  • Gestão e manejo de UC: conselho gestor (consultivo e deliberativo), plano de manejo; zona de amortecimento, uso público.  
  • Política Nacional de Povos e Comunidades Tradicionais, Decreto nº 6.040/2007. 
  • Lei nº 9.985/2000 e Decreto nº 4.340/2002 – Sistema Nacional de Unidades de Conservação (SNUC). 
  • Plano Estratégico Nacional de Áreas Protegidas (PNAP), Decreto nº 5.758/2006. 
  • Constituição da República Federativa do Brasil de 1988 (artigos 1º ao 5º). 
  • Lei nº 11.516/2007.  
  • Política Nacional de Educação Ambiental – PNEA, Lei nº 9.795/1999 e Decreto nº 4.281/2002.  
  • Programa Nacional de Educação Ambiental – ProNEA. Lei nº 12.512/2011 e Decreto nº 7.572/2011 (Bolsa Verde).  
  • Lei de ATER, Lei nº 12.188/2010 e Decreto nº 7.215/2010. 

Analista Ambiental

No caso do cargo de Analista Ambiental, as disciplinas cobradas no último concurso ICMBio foram: 

  • Ecologia, Conservação e Manejo da Biodiversidade 
  • Biodiversidade, Zoologia, Botânica e História Natural 
  • Recursos Florestais 
  • Proteção, controle e monitoramento ambiental 
  • Planejamento e gestão de UC 
  • Aspectos históricos e sociais da ocupação humana na região dos Tapajós 
  • Povos e comunidades tradicionais e a conservação da biodiversidade 

Principais informações – Concurso ICMBio

  • Situação: concurso ICMBio autorizado
  • Cargos: Técnico Ambiental e Analista Ambiental
  • Vagas: 171
  • Escolaridade: médio e superior
  • Banca do último concurso: Cespe/Cebraspe
  • Ano do último concurso: 2013
  • Remuneração: até R$ 6,4 mil

Participe de nossos grupos de estudos e notícias no Telegram.  

APENAS PARA VOCÊ QUE LEU A MENSAGEM

Use o cupom: MEUDESC

Curso do concurso ICMBio: ACESSE AQUI O CURSO PREPARATÓRIO

GARANTIMOS - Único curso com ALTA PERFORMANCE para você alcançar resultados extraordinários na prova do ICMBio.

Se eu fosse você não perderia tempo…